sexta-feira, 19 de junho de 2009

Volta do BTZ - Mação - 10 de Abril de 2009


Este ano o BTZ Mação voltou a reeditar a sua volta de Abril, após um ano de interregno.
Continuando o caminho iniciado nas edições anteriores, esta foi a mais dura e difícil volta de btt desorganizada pelo BTZ.
Como gostamos de receber bem os convidados e amigos, resolvemos conceber um percurso com quase todas as grandes subidas do nosso concelho.

O pelotão na subida da Pracana Fundeira

Estiveram presentes do BTZ: Velhinho, João Almeida, Chefe de Fila, Orlando e Gonçalo.
Convidados presentes: Tiago Nunes, Jorge Mimoso, Paulo Oliveira e Miguel Rato.
Eu também estive lá, mas em 4 rodas a dar apoio ao pessoal e a tirar umas fotos para a posteridade.

Tiago Nunes e Paulo Oliveira no regresso a Mação

Era um grupo pequeno, mas de pessoal rijo, como se quer em Mação.

Chefe de Fila e Miguel Rato

Não posso descrever grande coisa do que se passou nos nossos trilhos, dado que por motivos de saúde não pude pedalar com o pessoal, pelo que esta é uma não crónica.
Ainda assim vou guardar na minha memória a boa disposição demonstrada ao longo da volta, mesmo depois de fazerem algumas subidas que não são para meninos e no jantar final que juntou o pessoal.
Penso que foi um dia que não esquecerão…

Orlando de volta dos pneumáticos, uma constante

Direi apenas que demos a conhecer a alguns amigos locais míticos do BTZ Mação, como o Bando de Codes, Bando de Santos com a sua famosa parede, Serra de Santo António, Ribeira da Pracana, Praia Fluvial do Carvoeiro, Pego da Rainha, etc.

Orlando, Mimoso e Velhinho numa das pausas para abastecimento

Gostava de agradecer a todos aqueles e aquelas que possibilitaram com a sua presença e esforço a realização desta volta, nomeadamente a Célia Ribeiro e Anita pelo belo almoço que prepararam e proporcionaram ao pessoal, ao Almeida e Elsa pelos pastéis de nata, ao resto do BTZ pela presença e aos nossos convidados que corresponderam ao desafio e não ficaram em casa mesmo com a ameaça de tempo chuvoso.

o puto maravilha, sempre em grande forma

Espero que tenham gostado do percurso que foi preparado com amor e carinho e que guardem na memória as pedaladas em Mação.

Almeida e Miguel Rato antes do almoço, no Carvoeiro

Para quem tiver queixas, apenas posso dizer que a culpa foi do João Almeida que resolveu desafiar o pessoal para fazer uma volta dura em Mação no fim-de-semana da Páscoa.
Resultado: 100 km's com quase 3.000 metros de desnível acumulado.

Chefe de fila e Gonçalo, sempre à frente

Para o ano há mais edição... revista e aumentada.

2 comentários:

Filipe disse...

Grande volta e um dia muito bem passado!!!!

Miguel disse...

Sem dúvida uma organização fantástica dum grupo de gente hospitaleira e companheira...Uma volta duríssima, só para duros...ou então para furos...;p
Para o ano não me esqueço de levar o doping que tanto me ajudou no final!!
um abraço para todos, em especial para os novos companheiros de pedaladas